Províncias

Casos suspeitos foram registados em Cabinda

Pelo menos, 145 casos suspeitos de cólera foram registados em Cabinda, dos quais seis confirmados no laboratório, afirmou ontem o chefe do Departamento de Saúde Pública da Secretaria Provincial da Saúde, Fernando Cuico.

Em declarações à Angop, Fernando Cico fez saber que desse número cinco resultaram em óbitos, sendo os bairros Lombo-Lombo, Liombe, Povo Grande e Tchizo os mais afectados.
Realçou, no entanto, que há três dias não se regista nenhum caso de cólera, o que indica que o surto está controlado.
O responsável aproveitou a ocasião para reiterar o apelo à população no sentido de observar as medidas de prevenção. />Desde a notificação do primeiro caso, em Dezembro de 2016, a epidemia está confinada a nível da cidade de Cabinda, não se tendo registado nenhum caso nos restantes três municípios da província, segundo Fernando Cico. Por outro lado, a Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), na província de Cabinda, realizou ontem uma campanha de doação de sangue.

Tempo

Multimédia