Províncias

Centenas de estudantes em Cabinda recebem os diplomas de licenciatura

Alberto Coelho | Cabinda

Os 250 estudantes que concluíram com êxito a formação no ensino superior nas áreas de Psicologia, Matemática, Pedagogia, História e Biologia, e das Faculdades de Economia e de Direito da Universidade 11 de Novembro, vão hoje receber os diplomas de licenciatura.

Os 250 estudantes que concluíram com êxito a formação no ensino superior nas áreas de Psicologia, Matemática, Pedagogia, História e Biologia, e das Faculdades de Economia e de Direito da Universidade 11 de Novembro, vão hoje receber os diplomas de licenciatura, em cerimónia a decorrer no pavilhão multiusos do Tafe, em Cabinda.
Deste número, 147 foram formados no Instituto Superior de Ciência de Educação (ISCED), 56 na Faculdade de Economia, na área de gestão de empresas, e três na Faculdade de Direito.
“O número de finalistas resulta dos esforços da nossa universidade. Graças ao empenho dos responsáveis e outros agentes sociais desta região académica, foi possível que 205 estudantes concluíssem com êxito a sua formação”, disse ao Jornal de Angola o reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvu Tamo.
O início das aulas do presente ano lectivo está previsto para segunda-feira, sob o lema “Ensino superior um factor de desenvolvimento e uma realidade de dimensão nacional”. Dos 6.500 candidatos inscritos foram admitidos 1.600, mais 100 do que no ano anterior.   
O reitor Kianvu Tamo referiu que o aumento de vagas tem a ver com o programa do governo provincial, que resultou na ampliação, reabilitação e construção de várias infra-estruturas para o ensino superior. “Isso permite-nos criar uma certa estabilidade em termos de gestão de espaço, o que é satisfatório, quer para nós quer para os estudantes. Graças a esse esforço do governo, conseguimos mais espaços para a juventude e também abrimos novos cursos na nossa Universidade”.
Em relação ao corpo docente,o reitor da Universidade11de Novembro adiantou que a instituição está a trabalhar para recrutar novos professores e na formação contínua, de modo a elevar o seu nível de conhecimento.

Cidade universitária

Um campus universitário, com capacidade para albergar cerca 20 mil estudantes, está a ser construído na localidade do Caio, 20 quilómetros a norte da cidade de Cabinda. Quando terminado, para além de estudantes da região académica número três, o campus também vai albergar jovens de outras províncias do país.
Em Agosto deste ano está prevista a entrega das primeiras instalações destinadas à reitoria e aos serviços sociais. Está a ser erguidoainda  um complexo universitário para apoiar o ensino da Medicina na província, com espaço para escritórios, serviços e alojamento dos docentes. Ainda este ano, vão ser entregues três blocos, onde serão instalados nove laboratórios, e um outro espaço onde estão a ser erguidos 15 laboratórios para o Instituto Superior Politécnico.

Tempo

Multimédia