Províncias

Centrais térmicas em instalação

O Governo Provincial de Cabinda está a executar um projecto de instalação de duas centrais térmicas a gasóleo na zona de Chibodo e outra na aldeia de Santa Catarina.

“Estamos a instalar duas centrais térmicas a gasóleo, uma na zona de Chibodo, com 30 mega watts e outra na aldeia da Santa Catarina, com dez mega watts”, anunciou o director da Empresa Nacional de Electricidade (ENE).
As obras da central térmica de Chibodo, acrescentou, estão já na fase final com a conclusão prevista para Abril ou Maio, enquanto as obras em Santa Catarina estão a registar um ligeiro atraso, devido ao estudo geológico.
As ligações anárquicas de cabos eléctricos na rede pública sem a devida autorização da Empresa Nacional de Electricidade (ENE), em Cabinda, forçam a instituição a impor restrições no fornecimento aos consumidores.
O roubo de energia através de ligações ilegais está a provocar sobrecarga nos Postos de Transformação (PT).
 As restrições têm como objectivo a protecção dos equipamentos eléctricos (PT), por serem meios que custam muito dinheiro ao Estado.“Pedimos às pessoas que assim se comportam para  abdicarem dessas práticas sob pena de prejudicarem moradores de outros bairros que aguardam por ligações oficiais de energia eléctrica”, afirmou. A cidade de Cabinda, bairros periféricos e o município de Cacongo são abastecidas de energia eléctrica produzida na central térmica de Malembo, onde estão instalados duas turbinas a gás de 35 mega watts cada, segundo o director da Empresa Nacional de Electricidade.

Tempo

Multimédia