Províncias

Chuva destrói casas em Cabinda

Leonor Mabiala |Cabinda

Ao todo, 216 pessoas do bairro 4 de Fevereiro, na zona de “Papá Ngomá” em Cabinda, perderam, na quinta-feira, bens domésticos devido à forte chuva que se abateu sobre a cidade e arredores.

Ao todo, 216 pessoas do bairro 4 de Fevereiro, na zona de “Papá Ngomá” em Cabinda, perderam, na quinta-feira, bens domésticos devido à forte chuva que se abateu sobre a cidade e arredores.
Além da perda dos haveres, a chuva destruiu parcialmente três casas, causou fissuras em17 e inundou totalmente 34.
A maioria das casas atingidas pela enxurrada foi construída próximo da vala de drenagem, o que facilitou a ocorrência de ­estragos em diversas habitações.   
Teresa Lelo de 33 anos, mãe de três filhos, foi uma das vítimas. Perdeu todos os haveres.
“Fiquei sem nada, tudo o que consegui durante tantos anos de trabalho ficou por baixo de escombros”, lamentou.
 “A porta principal da minha casa foi destruída pela pressão da água e tive de retirar as crianças pela janela” referiu.
O chefe do Centro de Documentação e Informação da Administração Municipal de Cabinda, Sefate Matoco, revelou que as três famílias mais afectadas vão receber do governo da província, através do Comando da Protecção Civil e da Secretária Provincial da Assistência e Reinserção Social (MINARS), assistência alimentar e tendas para se alojarem provisoriamente. 

Tempo

Multimédia