Províncias

Combate ao abate ilegal de árvores

O administrador do Parque Nacional do Maiombe, José Bisi, disse ontem, na vila de Buco Zau, que as acções de fiscalização aos garimpeiros de ouro e exploradores ilegais de madeira em toro no Maiombe foram redobradas.

De acordo com o responsável, é necessário disciplinar o trabalho de exploração, cumprindo a lei. “Nós queremos que não haja práticas de garimpo ou exploração ilegal desses recursos. Temos é que nos organizar em cooperativas para tornarmos legal todo  o trabalho de exploração”, disse.

Tempo

Multimédia