Províncias

Construções estão a perigar Vale do Yabi

A construção irregular de habitações  compromete o projecto agrícola do Vale de Yabi, na província de Cabinda, denunciou ontem o director do programa.

Natálio Buangui disse que com a implantação do mercado de São Pedro, nas proximidades do perímetro reservado ao projecto Vale do Yabi, começaram a surgir várias edificações de casas de forma irregular.
O director do projecto agrícola do Yabi apelou às autoridades  para aplicarem a Lei das Terras, para desencorajar a invasão das reservas agrárias susceptível de comprometer os planos do Executivo, tendentes à diversificação da economia nacional.
Natálio Buangui referiu que se não forem tomadas medidas, o Vale do Yabi vai desaparecer, à semelhança do que aconteceu com o perímetro agrícola de Lubendo, ocupado com várias construções anárquicas.
Com um total de 9.500 hectares, o Vale do Yabi, uma das grandes atracções turísticas da província de Cabinda, conta com 19 criadores de gado, 30 agricultores, 260 camponeses e 52 famílias de ex-militares.

Tempo

Multimédia