Províncias

Docentes recebem subsídios em atraso

O Governo da Província de Cabinda  está a pagar os subsídios em atraso a 380 alfabetizadores que durante quatro anos não foram remunerados, informou hoje o secretário provincial da Educação .

Fotografia: CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Jorge Congo, que revelou o facto no final de uma visita que o governador provincial, Eugénio  Laborinho, efectuou às instalações da Direcção Provincial da  Educação, afirmou que a dívida com os professores, contraída desde  Novembro último,  era de 19 milhões de kwanzas.  “Neste momento a dívida já não está orçada em 19 milhões porque a maioria dos professores já recebeu”, disse Jorge Congo.

Tempo

Multimédia