Províncias

Falta de chuva na região compromete agricultura

A falta de chuva, que se regista desde Novembro, pode comprometer a presente campanha agrícola, afirmou, ontem, em Cabinda, a vice-presidente da UNACA.

Os campos cultivados estão a secar
Fotografia: Nilo Mateus

A falta de chuva, que se regista desde Novembro, pode comprometer a presente campanha agrícola, afirmou, ontem, em Cabinda, a vice-presidente da UNACA.
German Vuézolo disse que os campos cultivados na primeira fase da campanha, iniciada em Outubro, com culturas de jinguba, milho, feijão macunde e mandioca estão a secar, mas que se “chover nos próximos dias, os prejuízos são minimizados pelas colheitas da segunda fase, entre os meses de Fevereiro e Abril”.
A falta de chuvas, frisou, põe também em risco o programa do governo de combate à fome e à pobreza por afectar o rendimento das famílias rurais.Apesar da situação reinante, disse, os camponeses não devem ficar desanimados, pois “ acreditamos que a qualquer momento pode vir a cair chuva na nossa província”.

Tempo

Multimédia