Províncias

Famílias carenciadas recebem diversos bens

André Guto | Cabinda

A Secretaria Provincial da Reinserção Social em Cabinda assistiu em Setembro e Outubro deste ano, 1.035 famílias com produtos de primeira necessidade.

Mónica Manuel, secretária provincial, referiu que foram assistidas 393 famílias com deficiência e 642 idosos. As acções humanitárias decorreram nos municípios de Belize e Cacongo, nas regedorias de Bulo, Tando Mpala e Mabembe. Os beneficiários receberam bens alimentares, sabão, muletas, canadianas e cadeiras de rodas. A instituição registou, de Janeiro a Setembro, 12.460 idosos, dos quais 6.322 mulheres. Foram igualmente registados 7.146 deficientes e 1.690 crianças. Por razões de ordem técnica, o plano de assistência é trimestral. />Além do plano trimestral, a Secretaria Provincial da Reinserção Social assiste todos os dias pessoas necessitadas.
Famílias que viviam na condição de refugiadas na República do Congo Brazzaville regressaram voluntariamente no passado mês de Setembro à província de Cabinda, num total de 37 pessoas.
 Estes refugiados viviam nos centros de Conde Mbaka e Malolo, em Ponta Negra. Os repatriados são todos da província de Cabinda e foram inseridos nas suas zonas de origem: aldeia de Conde Malonda, comuna de Necuto e no Zenga, município de Cacongo.

Tempo

Multimédia