Províncias

Governadora pede dedicação aos novos gestores da Saúde

Bernardo Capita | Cabinda

Um maior empenho e dedicação na implementação do programa de humanização na assistência aos pacientes, foi pedido, na sexta-feira, na cidade de Cabinda, aos novos responsáveis municipais da Saúde pela governadora provincial.

Defendida a necessidade de os serviços de saúde estarem mais próximos do cidadão
Fotografia: Paulo Mulaza

Aldina da Lomba referiu, durante a cerimónia de tomada de posse de 22 novos responsáveis nos cargos de direcção e de chefia em distintos sectores do Governo Provincial de Cabinda,  que os cuidados primários de saúde devem chegar aos cidadãos de forma eficaz e com qualidade, de modo a evitar a constante superlotação de doentes no Hospital Regional de Cabinda.  A governadora defendeu a necessidade dos cuidados primários de saúde estarem cada vez mais próximos do cidadão, para que os doentes não acorrem ao hospital de referência, que, às vezes, se mostra incapaz de suportar as grandes enchentes diárias de doentes.
O Governo Provincial fez grandes investimentos na construção de postos e centros médicos na periferia, não havendo necessidade da população concentrar-se apenas nos serviços prestados pelo Hospital Regional de Cabinda, explicou a governadora provincial.
“É preciso que os postos e centros médicos nos bairros transmitam confiança no tratamento e que os profissionais aí colocados trabalhem com ética e tenham em conta a deontologia profissional, dedicando mais amor ao paciente”, advertiu Aldina da Lomba.

Tempo

Multimédia