Províncias

Governo investe milhões de dólares para relançar actividade da Kabimex

Bernardo Capita | Cabinda

O Governo Provincial de Cabinda vai investir cinco milhões de dólares na Kabimex, empresa estatal vocacionada para a importação de produtos de consumo e equipamentos, paralisada há dez anos.

Director de Estudos Tomás Mabiala
Fotografia: António Soares

O Governo Provincial de Cabinda vai investir cinco milhões de dólares na Kabimex, empresa estatal vocacionada para a importação de produtos de consumo e equipamentos, paralisada há dez anos.
O investimento permite a sua reorganização e retoma das actividades comerciais, anunciou o director do Gabinete de Estudo e Planeamento (GEP), Tomás Mabiala. A Kabimex, principal empresa de importação que garantia o abastecimento de produtos alimentícios à rede grossista e retalhista da província, encontra-se “numa linha de falência”, pelo que se impõe a sua revitalização, com vista a elevar os seus activos e assegurar, com eficiência, o funcionamento de novo figurino orgânico, de gestão e comercial.
O valor do investimento só é devolvido ao Governo Provincial, quando a Cabimex atingir a estabilidade financeira. A falência da Kabimex resultou, disse, Tomás Mabiala, da falta de estratégia comercial. Para evitar que venha a ocorrer situação idêntica depois da sua reorganização, o director do Gabinete de Estudo e Planeamento admite a hipótese de no futuro breve a Cabimex ser privatizada. Porém, reforçou, no imediato vai dedicar-se fundamentalmente à distribuição de bens ou intercâmbio de produtos do campo para a cidade.
“No âmbito do Programa de Combate à Fome e à Pobreza, a Kabimex tem a missão de importar mercadorias e vendê-las às empresas grossistas e adquirir a produção local agrícola para comercializar noutras províncias do país ou exportar” sublinhou Tomás Mabiala.
 

Projectos sociais

O director do Gabinete de Estudo e Planeamento do Governo Provincial de Cabinda informou também que no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP) de 2011, a província recebeu 210 milhões de dólares, montante que está a ser aplicado em projectos sociais, com o objectivo de desenvolver a região.
Tomás Mabiala referiu que a verba é disponibilizada de acordo com o volume de projectos canalizados para o Executivo Estado pelo Governo da Provincial. Mas já foram investidas 70 por cento das verbas.
“Este montante está a ser aplicado em projectos inscritos no Programa de Investimentos Públicos, a fim de ajustar a província à linha de estratégia de desenvolvimento da região” sublinhou.
 

Rede viária

Tomás Mabiala destacou os investimentos feitos na rede viária, com particular incidência nos projectos de reabertura de vias secundárias e terciárias executados no município de Cabinda e nos municípios do interior, em particular do Alto Maiombe.
Para Tomás Mabiala, o Governo Provincial investiu mais no domínio da rede viária, para facilitar a circulação de pessoas e bens e permitir a instalação no meio rural de infra-estruturas indispensáveis à vida humana: educação, saúde, energia e água, serviços que hoje constituem o orgulho dos habitantes dessas localidades.
“As estradas são muito importantes para a população porque além de permitirem uma circulação fluida de pessoas e bens possibilitam a criação, nas zonas rurais, de projectos transversais. Vamos continuara a trabalhar” disse.
 A par das obras executadas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (IP), Tomás Mabiala referiu também que o Programa de Combate à Fome e à Pobreza trouxe outros benefícios na vida das populações, com a execução de projectos cuja mão-de-obra é assegurada pela população local e por empresas da província.    

Tempo

Multimédia