Províncias

Governo Provincial reabilita ruas

Bernardo Capita|Cabinda

O governo da província de Cabinda leva a cabo, há cerca de dois meses, profundas obras de melhoria de das ruas de muitos bairros da capital provincial.

Governadora Aldina da Lomba constatou as obras de impacto social em curso na região
Fotografia: Jornal de Angola

O governo da província de Cabinda leva a cabo, há cerca de dois meses, profundas obras de melhoria de das ruas de muitos bairros da capital provincial.
As obras incidem na limpeza e cobertura das valas de drenagem das águas pluviais no bairro a Luta Continua e 4 de Fevereiro, desembocando na praia de Luvassa, antes construídas a céu aberto e transformadas pelas populações em autênticos depósitos de lixo, que causavam imundices e doenças no tempo chuvoso, e na terraplanagem e compactação de vias intransitáveis há décadas.
A governadora da província, Aldina da Lomba, visitou no sábado os bairros onde decorrem as obras, para avaliar a sua evolução, acompanhada pelo administrador municipal de Cabinda, Francisco Tando, do secretário provincial da construção, Juliano Capita, e de outros responsáveis sectoriais.
 No final, afirmou estar satisfeita pela qualidade das obras já efectuadas de cobertura da vala de drenagem no centro do bairro a Luta Continua, com placas de betão armado, projecto que Aldina da Lomba idealiza transformar numa estrada depois da conclusão dos trabalhos.
 O novo bairro social que está a ser edificado na localidade de Zongolo com 20 casas geminadas, perfazendo um total de 40 moradias do tipo T2, destinado a albergar moradores desalojados das zonas abrangidas pela requalificação urbanística, também foi visitado pela governadora Aldina da Lomba.
O secretário provincial da Construção, Juliano Capita, afirmou que as estruturas em construção vão “disciplinar o curso das águas e garantir a segurança das populações que se encontram instaladas nas imediações das valas de drenagem”.
O responsável garantiu que os trabalhos decorrem a ritmo satisfatório, apesar das dificuldades que o empreiteiro está a encontrar no terreno, com a concentração de muito lixo em sítios densamente habitados e a obstrução das valas.
“Estamos a encontrar, no bairro a Luta Continua, um conjunto de dificuldades, devido à concentração de muito lixo e às valas em muitos casos obstruídas, no entanto, estamos a trabalhar no sentido de fazer com que elas continuem a funcionar e tenhamos um sistema de valas que garanta a drenagem regular das águas” disse Juliano Capita, para quem, só com projectos estruturantes deste género, a província de Cabinda pode crescer e resolver em definitivo os problemas de saneamento básico.

Tempo

Multimédia