Províncias

Laboratório de referência para o hospital do Chinga

Bernardo Capita | Cabinda

Cabinda conta, desde terça-feira, com um laboratório de referência, instalado no Hospital do Chinga, para facilitar o diagnóstico de casos de tuberculose e malária, disse ontem o  director-geral da Chevron, John Baltz.  

Diagnósticos de casos de tuberculose e malária passam a ser feitos com mais facilidade
Fotografia: Kindala Manuel

O  laboratório está orçado em mais de 300 mil dólares, financiados pela Chevron e suas associadas do Bloco Zero.
A multinacional financiou também a construção e apetrechamento de sete centros de saúde, em Santa Catarina, Cacongo, Buco Zau, Tando Zinze, Dinge e Necuto, para reforçar os programas de combate à malária nessas localidades da província de Cabinda onde a epidemia causa muitas mortes. “Investimentos como estes são os resultados da parceria entre a Chevron, os parceiros do Bloco Zero e o Governo angolano”,  disse o director-geral da Chevron, John Baltz,  acrescentando que a petrolífera investe em programas ou projectos que contribuem para alcançar resultados sustentáveis e duradouros na área da Saúde.
A governadora provincial de Cabinda, Aldina da Lomba Catembo, agradeceu à Chevron a doação dos equipamentos e centros de saúde, realçando que o gesto visa contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população.
A governadora   provincial aproveitou a ocasião para felicitar a multinacional por ter alcançado os cinco mil milhões de barris de petróleo produzidos até este mês, em que completa 60 anos de exploração petrolífera em Cabinda.

Tempo

Multimédia