Províncias

Mbaca passa a ter luz da central de Malembo

Bernardo Capita | Cabinda

Uma unidade de potência de transformação de energia eléctrica com a capacidade de 30 mega watts é instalada, dentro de pouco tempo, em Mbaca, Povo Grande, anunciou ontem a governadora interina da província.

Governo instala posto de transformação
Fotografia: Rafael Tati

Uma unidade de potência de transformação de energia eléctrica com a capacidade de 30 mega watts é instalada, dentro de pouco tempo, em Mbaca, Povo Grande, anunciou ontem a governadora interina da província. Aldina da Lomba, que fez o anúncio na localidade, que visitou para se certificar das dificuldades da população, disse estar previsto instalar energia eléctrica no Povo Grande.
A Povo Grande que congrega as aldeias de Mbaca, São Pedro e Santa Catarina, não tem energia eléctrica há mais de 30 anos, o que levou o governo provincial a instalar duas turbinas a gás, de 35 mega watts, na nova central térmica de Malembo.
A água é outro problema da população causado pela redução do caudal do rio, onde era captada, na localidade de Ngoyo, mas a governadora prometeu resolvê-lo, com a abertura de um furo na aldeia de Santa Catarina.
A governadora interina recorreu à afirmação do Presidente José Eduardo dos Santos – “temos de fazer de Angola um lugar bom para se viver” – referiu que a concretização dos projectos passa pela criação de infra-estruturas escolares, hospitalares, sistemas de captação, tratamento e distribuição de água potável, de produção de energia eléctrica e de vias de acesso bem estruturadas.
Aldina da Lomba visitou também o bairro da Lombo-Lombo, onde ao certificar-se que há falta de escolas do ensino primário e do primeiro ciclo deu ordens à Administração de Cabinda para resolver o problema, no âmbito do Programa Municipal de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza.
As obras da vala de drenagem de águas pluviais que estão paradas há mais de seis meses, anunciou, vão ser concluídas para permitir o saneamento básico no bairro.

Tempo

Multimédia