Províncias

Novo Instituto Politécnico em Cabinda

Leonor Mabiala


A província de Cabinda vai ter, a partir de 2012, um instituto superior politécnico, anunciou na quarta-feira, nesta cidade, o reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvu Tamo.

A província de Cabinda vai ter, a partir de 2012, um instituto superior politécnico, anunciou na quarta-feira, nesta cidade, o reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvu Tamo.
 A instituição, segundo o académico, vai ser instalada na Faculdade de Medicina, onde serão ministrados os cursos de enfermagem superior e de laboratório de análises clínicas. Kianvu Tamo deu esta informação durante uma conferência de imprensa na qual divulgou as acções científicas a serem realizadas pela referida universidade, no âmbito da segunda edição das jornadas “Novembro Académico”, que decorrerão entre os dias 3 e 30 do próximo mês.
Na altura, anunciou igualmente que a província vai contar com docentes da Universidade Rei Juan Carlos, de Madrid, a partir de Janeiro do próximo ano, que vão orientar acções preparatórias tendentes à criação de condições para a administração do mestrado em engenharia de decisão, que é um curso de carácter transversal, que abrange pessoas formadas em diversas áreas do saber como, economia, gestão, sociologia, matemática, entre outras.
O reitor explicou que a instalação do Instituto Politécnico de Cabinda vai contar com apoio do governo provincial e da Agência Espanhola para Cooperação Internacional, que se envolverá no processo para a vinda dos docentes da Universidade Rei Juan Carlos, de Madrid.
Relativamente às actividades que serão realizadas pela Universidade 11 de Novembro durante as jornadas, referiu que o programa compreende três fases, sendo duas ligadas à promoção de actividades académico-científicas e outra envolvendo a população estudantil.

Tempo

Multimédia