Províncias

Outra aldeia de Cabinda com novas infra-estruturas

Leonor Mabiala |Cabinda

A aldeia de Lucula-Zenze, comuna do Tando Zinze, tem, desde esta semana, um centro de saúde, casa para enfermeiros e uma ambulância, com verbas disponibilizadas pelas empresas petrolíferas que actuam em Cabinda e pelo governo provincial.

A aldeia de Lucula-Zenze, comuna do Tando Zinze, tem, desde esta semana, um centro de saúde, casa para enfermeiros e uma ambulância, com verbas disponibilizadas pelas empresas petrolíferas que actuam em Cabinda e pelo governo provincial.
A directora-geral de relações públicas e assuntos governamentais da Cabinda Gulf, Eunice de Carvalho, afirmou que os empreendimentos e a aquisição da ambulância, tudo orçado em três milhões de dólares, tiveram a comparticipação financeira da Chevron, de parceiros que operam nos blocos zero e 14 e do governo da província.
O centro de saúde, destinado a assistir cerca de dez mil pessoas, maioritariamente da comuna sede e das aldeias vizinhas, tem áreas de tratamento, parto, banco de urgência, farmácia, cirurgia, pediatria, cirurgia e laboratório, além de uma sala de trabalho para os enfermeiros e serviços administrativos.
A vice-governadora de Cabinda para área politica e social pediu à população de Lucula-Zenze que ajude a conservar as infra-estruturas para poderem corresponder aos objectivos para os quais foram concebidos.
Aldina da Lomba pediu ao corpo clínico que não circunscreva o trabalho ao tratamento dos doentes e que promova acções de sensibilização e de prevenção sobre as principais doenças da região, como malária, diarreicas agudas, respiratórias e o HIV/SIDA.

Tempo

Multimédia