Províncias

Petrolíferas fazem doações

A Chevron - Cabinda Gulf Oil Company Limited (CABGOC) e as suas associadas do Bloco 0 (Sonangol E.P., Total Petroleum Angola Ltd e Eni Angola Production B.V.) anunciaram sábado, em Luanda, a doação de diversos equipamentos escolares e domésticos a instituições da província de Cabinda.

Carteiras escolares no interior de uma sala de aula na província mais a Norte do país que sempre apostou no sector da Educação
Fotografia: Marcelo Manuel

A Chevron - Cabinda Gulf Oil Company Limited (CABGOC) e as suas associadas do Bloco 0 (Sonangol E.P., Total Petroleum Angola Ltd e Eni Angola Production B.V.) anunciaram sábado, em Luanda, a doação de diversos equipamentos escolares e domésticos a instituições da província de Cabinda.
A iniciativa, que se insere no âmbito da responsabilidade social da Chevron e dos seus parceiros, visa contribuir para os esforços do Governo Provincial de Cabinda no sector da educação, permitindo a melhoria gradual das condições de aprendizagem e de ensino, especificamente através do Programa Educacional de Cabinda.
A doação consiste em 1.080 carteiras escolares, secretárias para professores das localidades de Fútila, Malembo, Dinge, Luali e 212 colchões para distribuição no internato escolar da Missão Evangélica na aldeia do Caio Litoral e nas residências dos professores nas localidades de Tshinsuá e Iabe.
O projecto global está avaliado em 125 mil dólares e deverá beneficiar cerca de 2.160 estudantes daquelas localidades. Esta doação segue-se a outras acções desenvolvidas em Cabinda pela Chevron e os seus parceiros no sector da educação.
Recentemente foi lançada a segunda edição do Programa de Bolsas de Estudo para Cabinda, um projecto avaliado anualmente em 250 mil dólares e destinado a estudantes universitários locais. Em 2009, entre outras actividades, os seus programas de educação beneficiaram mais de 800 crianças, nomeadamente através da divulgação do programa Aprenda Brincando (concurso académico emitido pela Rádio Nacional de Angola) e o financiamento da construção de escolas nas localidades de Iabi e Tshinsua, as quais beneficiam aproximadamente 1.680 alunos.
Paralelamente, estão em execução vários outros projectos, nomeadamente a construção de uma escola primária no município do Buco Zau, e o apoio a uma biblioteca móvel gerida pela organização ADPP.
A Chevron tem programas sociais efectivos e com impacto em 16 das 18 províncias do país. Investe em média cerca de 20 milhões de dólares por ano em programas sociais, abrangendo os sectores da educação, saúde, capacitação humana e de infra-estruturas, agricultura e pescas, apoio às pequenas e médias empresas, ambiente, saneamento básico e artes e cultura.
A Chevron e as suas associadas do Bloco 0 continuarão a trabalhar de maneira estreita com as autoridades e as comunidades de Cabinda, de modo a garantir as melhores condições de aprendizagem possíveis às crianças e jovens da província.
Em 2009, a companhia investiu cerca de 3,3 milhões de dólares em Cabinda, dos quais 2,7 milhões de dólares em nome individual.
"Estamos profundamente empenhados em melhorar e expandir o acesso a uma educação de qualidade e em contribuir para o aumento da taxa de matrícula nas escolas. A educação das novas gerações é vital para o futuro de Angola", disse Eunice de Carvalho, directora geral de Políticas, Relações Governamentais e Públicas da Chevron.

Tempo

Multimédia