Províncias

Reorganização do mercado preocupa administrador

O administrador municipal de Cacongo afirmou, na sexta-feira, à Angop, que é importante reorganizar rapidamente o mercado de Massabi para melhorar o controlo de entrada de estrangeiros em Angola.

O administrador municipal de Cacongo afirmou, na sexta-feira, à Angop, que é importante reorganizar rapidamente o mercado de Massabi para melhorar o controlo de entrada de estrangeiros em Angola.
Macaia Tati, que se referia à frequência constante, em Massabi, de vendedores estrangeiros, que atravessam diariamente a fronteira, provenientes de Ponta Negra, sublinhou que se “devem tomar medidas disciplinares e impor-se a ordem para se acabar com este mal”.
“O Mercado de Massabi está do lado de Angola e não podemos considerá-lo mercado fronteiriço, mas reparamos que a maioria dos vendedores são da República do Congo e da RDC”, referiu.
“Há tempos, iniciámos conversações com a parte congolesa para se acertarem ideias para o melhoramento da utilização do marcado, mas não tivemos correspondência“, lamentou.
“O que defendemos é que se acabe com a entrada ilegal de estrangeiros em Massabi, onde alguns deles acabam por se fixar sem qualquer documentação, dedicando-se a negócios escuros e fugindo ao fisco, o que nos preocupa”, declarou Macaia Tati.

Tempo

Multimédia