Províncias

Sector da Educação com novos quadros

Leonor Mabiala | Cabinda

O sector da Educação a nível da província de Cabinda é reforçado, nos próximos dias, com o ingresso de 227 novos técnicos, no quadro do concurso público que se realiza naquela região.

Para o provimento das referidas vagas, um total de 6.248 indivíduos vão ser submetidos a um processo de avaliação, através da realização de um exame, sábado, na escola Barão de Puna.
O porta-voz da comissão provincial ao concurso público dos sectores da Educação e da Saúde, Carlos Henrique Sambo, explicou que as provas de exames vão trazer questões relacionadas com a organização da administração pública, o sector da Educação e outros assuntos que têm a ver com áreas de formação académica ou profissionais específicas.
Os testes, de acordo com o porta-voz da comissão provincial ao concurso público dos sectores da Educação e Saúde, vão ainda requerer dos candidatos ao concurso abordagens sobre ética e deontologia profissional e cultura geral.
Carlos Sambo disse que a província de Cabinda tinha sido contemplada com 458 vagas, mas, por razões de ordem financeira, ficou-se pelas 227 vagas, distribuídas por duas para a categoria de professor diplomado do 5º escalão do secundo ciclo, dez para docentes do secundo ciclo diplomado 6º escalão e 15 outras para professores do secundo ciclo diplomado de 8º escalão.
Estão ainda reservadas 65 vagas para professores do ensino secundário do 7º escalão, 29 para os do ensino primário diplomado de 6º escalão, cinco para técnicos médios de 3ª classe e 34 para operários qualificados de 2ª classe.

Tempo

Multimédia