Províncias

Suami e Tati vencem prémio de jornalismo

Leonor Mabiala| Cabinda

O jornalista Joaquim Suami, da delegação de Cabinda do Jornal de Angola, foi o vencedor do Prémio Provincial de Jornalismo, edição 2012, na categoria de imprensa.

Fotografia: Jornal de Angola

O jornalista Joaquim Suami, da delegação de Cabinda do Jornal de Angola, foi o vencedor do Prémio Provincial de Jornalismo, edição 2012, na categoria de imprensa.
A presidência do Júri do prémio, Graça Mendes, disse que o laureado venceu o prémio pela divulgação de uma matéria de carácter económico, que retratava a educação financeira levada a cabo pelo Banco Nacional de Angola, sobre a abertura de contas bancárias. Como prémio, o galardoado, de acordo com o comunicado do júri, recebeu três milhões de kwanzas.
Na categoria de fotojornalismo, foi distinguido o repórter-fotográfico Rafael Tati, também deste matutino, recebendo igualmente três milhões de kwanzas, por ter captado imagens inéditas da sessão de treino da selecção de futebol, aquando da sua preparação para o CAN de 2011, realizada no estádio de Chiazi, em Cabinda.
O júri do Prémio Provincial de Jornalismo, presidido pelo director do centro de produção da Televisão Pública de Angola, Graça Mendes, atribuiu ainda uma menção honrosa ao fotógrafo António Soares, também do Jornal de Angola, no valor de cem mil kwanzas.
Nas categorias de Rádio e Televisão, foram vencedores os jornalistas João Manuel Kinkossi, da RNA, e Mendes Virgílio, da TPA. Cada um recebeu três milhões de kwanzas.
Os jornalistas Lelo Nhati, da TPA, e Francisco Chamene, da RNA, foram contemplados com menções honrosas no valor de cem mil kwanzas cada.

Tempo

Multimédia