Províncias

TPA aposta na qualidade

Joaquim Suami | Cabinda

O Conselho de Administração da TPA aposta no apetrechamento dos centros de produção, sobretudo no de Cabinda, com meios modernos para a melhoria qualitativa da programação, disse, terça-feira, o administrador da estação para os meios de produção.

O Conselho de Administração da TPA aposta no apetrechamento dos centros de produção, sobretudo no de Cabinda, com meios modernos para a melhoria qualitativa da programação, disse, terça-feira, o administrador da estação para os meios de produção.
José Maria, que falava na cerimónia de lançamento oficial da nova imagem da TPA e da grelha de programação, por ocasião do 36º aniversário da estação, referiu que a aposta na modernização, que tem a digitalização como eixo da reestruturação, constitui preocupação fundamental do novo Conselho de Administração da empresa.
A formação permanente dos quadros, a melhoria da programação e de qualidade do sinal em todo o país são outras apostas da Televisão Pública de Angola.
José Maria disse que “a nova imagem e a nova programação da TPA trazem alterações profundas na sua estrutura e no formato dos conteúdos”.
O Jornal da Tarde passa a ser emitido às 13h00 e o Jornal Nacional, às 20h00, por duplas de apresentadores.
O Jornal Nacional no Canal 2 passa a ser emitido às 22h00.
José Maria confirmou que, no canal principal, renascem os espaços de entrevistas, de reportagens e de debates, designadamente o novo programa “Aqui e Agora”, “Grande Entrevista”, “TPA-Repórter” e “Magazine”.
A nova grelha da TPA tem 47 programas nacionais, entre os quais 16 informativos. Do total, 14 são novos e os outros, reestruturados.  O vice-governador de Cabinda para o sector económico, Macário Lembe, afirmou que a nova imagem e a nova grelha de programação da TPA vão trazer benefícios à população angolana, em termos de conteúdos.

Tempo

Multimédia