Províncias

Universidade 11 de Novembro em Cabinda entrega diplomas de licenciatura a formados

Leonor Mabiala|Cabinda

A Universidade 11 de Novembro, em Cabinda, entregou, ontem, na capital da província, diplomas de licenciatura a 127 finalistas da Faculdade de Economia e do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED).

Momento em que um dos recém-licenciados recebia o seu diploma
Fotografia: Jornal de Angola

A Universidade 11 de Novembro, em Cabinda, entregou, ontem, na capital da província, diplomas de licenciatura a 127 finalistas da Faculdade de Economia e do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED).
Deste número, 116 concluíram curso no Instituto Superior de Ciências da Educação e 11 na Faculdade de Economia.
Os estudantes do ISCED formaram-se em História, Matemática, Pedagogia e Psicologia e os da Faculdade de Economia em Gestão de Empresas.
A cerimónia de outorga dos diplomas decorreu no Centro Cultural de Chiloango e contou com a presença do governador da província de Cabinda, Mawete João Baptista, do reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvo Tamo, de vice-reitores e decanos do ISCED, das faculdades de Direito, Economia e Medicina a ainda de docentes, estudantes e membros do governo.
O reitor da Universidade 11 de Novembro aproveitou a ocasião para explicar como está estruturada, do ponto de vista pedagógico, a instituição superior, destacando os quatro pólos de ensino e investigação da região.
Kianvo Tamo explicou que as faculdades de Medicina e o Instituto Superior Politécnico foram instalados em Buco Zau, enquanto que em Mbanza Congo e no Soyo a Universidade 11 de Novembro já lecciona cursos nas áreas de ciências humanas (Historia) e engenharia industrial, orientada para apoiar a indústria petrolífera.
 “O nosso pais conquistou a independência num momento difícil, numa altura em que a maior parte da população era analfabeta. Hoje Angola forma milhares de pessoas para preencherem o vazio de quadros que o país herdou” disse o governador. A Reitoria da Universidade 11 de Novembro procedeu igualmente à entrega de certificados aos órgãos de informação locais, ao Jornal de Angola, Angop, Televisão Pública de Angola, Rádio Nacional e Comercial, em reconhecimento pela cobertura jornalística efectuada das primeiras jornadas “Novembro Académico” realizadas em Cabinda, Cacongo e Mbanza-Congo.

Tempo

Multimédia