Províncias

Universidade tem poucos professores

Leonor Mabiala

A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Sambo, manifestou quinta-feira  preocupação com o reduzido número de docentes que lecciona na Universidade 11 de Novembro,  face  aos milhares de alunos que ingressam anualmente na instituição.

Ministra do Ensino Superior, Tecnologia e Inovação
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Maria Sambo,  que falava à imprensa no fim de uma visita à província, onde se informou sobre o funcionamento das faculdades e institutos e do andamento de alguns projectos,  como por exemplo as obras do campus universitários do Caio,  disse que  o “reduzido número de docentes na Universidade 11 de Novembro  pode interferir na qualidade de ensino”.
Para a governante,   é preciso compreender que as  universidades estão a limitar o ingresso de estudantes  unicamente por terem poucos professores disponíveis .

Tempo

Multimédia