Províncias

Vida tem mais qualidade

Bernardo Capita| Cabinda

A província de Cabinda beneficiou durante 2014 de projectos sociais importantes, como a merenda escolar, cuidados primários de saúde e água para todos.

As acções abrangeram os municípios de Cabinda, Cacongo, Buco Zau e Belize. Vão da instalação de esgotos domésticos e drenagem de águas pluviais, às redes de água potável, melhoria da rede viária  ou rede eléctrica, que foi reforçada com a instalação de grupos geradores e centrais térmicas.
Os sectores da Saúde e da Educação foram os que mereceram atenção especial, durante o ano de 2014. De Janeiro a Dezembro foram construídas 32 salas nas localidades de Zôngolo e Lombe, reabilitadas de 24 escolas primárias e do primeiro ciclo em Cacongo e as residências dos professores nas aldeias da Fortaleza e Subantando.
A secretária provincial da Educação Ciência e Tecnologia, Helena Berta Marciano, afirmou ao Jornal de Angola que em 2015 o sector vai beneficiar de mais projectos com realce para a construção do Instituto Médio Agrário de Nhuca, no município Buco Zau, projecto que é financiado pelo Ministério da educação e com comparticipação do Governo Provincial de Cabinda. No an de 2015 é instalada uma escola de formação de professores na aldeia de Fortaleza sul da cidade de Cabinda, uma escola primária em Cacongo, Dinge e Necuto e três outras também de ensino primário no município sede (Cabinda).
Na saúde registou-se uma evolução satisfatória. O secretário provincial, Paulo Zengui Alexandre, informou que em 2014 foram construídos e inaugurados seis postos de saúde sendo dois em Cabinda igual numero em Buco Zau e Belize, sete residências geminadas para enfermeiros incluindo também quatro centros de saúde no Alto Sundi. O sector tem em carteira a reabilitação e ampliação do Centro de Saúde 4 de Fevereiro, a construção do Centro Provincial de Reabilitação física, do Centro Provincial de Oncologia e a inauguração do Centro de Hemodiálise.
As obras de reabilitação total do hospital Regional de Cabinda, incluindo o edifício da antiga medicina geral, a construção do banco de urgência e de sangue, foram também referenciadas pelo secretário provincial da Saúde como sendo acções importantes para melhorar a qualidade de vida das populações em Cabinda.

Tempo

Multimédia