Províncias

Caça furtiva no Maiombe em avaliação

Um diagnóstico sobre a caça furtiva no Parque Nacional do Maiombe, em Cabinda, está a ser elaborado pelo Ministério do Ambiente, no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES), informou ontem, em Cabinda, o director do Instituto Nacional de Biodiversidade e Áreas de Conservação.

Fotografia: DR

Aristófanes Fontes disse que a iniciativa surge no reforço do quadro legislativo para a implementação do CITES e a aplicação da lei do crime contra a vida selvagem em Angola.
Segundo o director, o programa destina-se ainda a ajudar a conservar as espécies ameaçadas listadas pelo CITES, as que são vítimas da caça furtiva no Parque Nacional de Maiombe, assim como as que podem entrar nos mercados de tráfico ilegal, como o papagaio cinzento africano, o leopardo, o pangolim de barriga branca e o pangolim gigante.

 

Tempo

Multimédia