Províncias

Cães e macacos são imunizados contra a raiva

Oitocentos animais de estimação, entre cães, gatos e macacos, a partir dos três meses de idade, vão ser vacinados contra raiva durante a campanha, previsto para os dias 12 e 29 deste mês no município do Cubal, informou o chefe do serviço de veterinária da circunscrição.

Zaqueu Magrinha disse que o sector recebeu da direcção provincial igual número de doses de vacinas contra a raiva, para garantir o êxito da campanha.
Nos últimos tempos regista-se no município um aumento do número de ataques de animais contra humanos, e de Janeiro a Setembro deste ano houve um registo de 124 casos de mordeduras de cães, sem, no entanto, causarem vítimas mortais.
Dezasseis bairros periféricos da cidade do Cubal são apontados como prioridade absoluta da campanha de vacinação, razão pela qual Zaqueu Magrinha solicitou o envolvimento dos efectivos dos serviços e líderes comunitários  na sensibilização da população. Desde o princípio do ano foram vacinados contra a raiva 418 cães, dois gatos e quatro macacos.

Cabeças de gado

Duas mil e 285 cabeças de gado bovino, das mais de 61 mil controladas no município do Cubal,, foram imunizadas, este ano, contra a peripneumonia contagiosa e dermatite nodular, informou ontem   o chefe dos Serviços de Veterinária do Cubal, Zaqueu Magrinha.
Numa primeira fase, a prioridade vai para as localidades de Lutira Wemba e Candonga, consideradas as mais endémicas.

Tempo

Multimédia