Províncias

Camponeses do município recebem terras já lavradas

Os camponeses organizados em associações no município do Golungo Alto, província do Kwanza-Norte, vão receber 200 hectares de terra lavrada, tarefa a cargo de duas empresas ligadas à agricultura.

Relançada a actividade agrícola na região
Fotografia: Jornal de Angola

O chefe de secção para a área económica e produtiva da administração municipal, Cristo Alfredo Hebo, disse à Angop que o trabalho é realizado durante a primeira época do ano agrícola 2013/2014, para o relançamento da agricultura. Dos 200 hectares, 100 são lavrados pela Empresa Nacional de Mecanização Agrícola (Mecanagro) e os restantes por uma empresa a ser contratada pela administração local, na área de Canaúlo, a dez quilómetros da vila municipal.
As associações de camponeses vão receber também inputs agrícolas. O responsável referiu que a devastação das culturas pelos elefantes e as fracas chuvas que se abateram na região no ano passado prejudicaram as colheitas, facto que está a dificultar os camponeses no pagamento da dívida contraída ao Banco de Comércio e Indústria (BCI), no âmbito do Crédito Agrícola de Campanha em 2011.
O município de Golungo Alto controla 21 associações de camponeses e dez cooperativas agrícolas.

Tempo

Multimédia