Províncias

Captura de pescado regista níveis baixos

Manuel de Sousa | Namibe

Os níveis de captura de pescado nos últimos tempos, na província do Namibe, são bastante reduzidos, disse ontem, na cidade do Namibe, o director provincial das Pescas.

O consumo de peixe apesar de ter diminuido continua entre os hábitos da população
Fotografia: Santos Pedro

Isaac Cativa explicou que as baixas temperaturas, as correntes marinhas superficiais muito fortes, e problemas técnicos das embarcações de pesca estão na origem da redução dos níveis de captura de pescado.
Apesar de alguma baixa que se verifica neste período, Isaac Cativa disse que o consumo de peixe não está em causa.
O director provincial das Pescas do Namibe salientou que, neste período do ano, a tendência é para as capturas baixarem, mas terminado o tempo de Cacimbo há uma subida dos níveis de forma significa.
Isaac Cativa esclareceu  que o aumento do preço do pescado  no mercado informal na província não é determinado só pelos níveis de captura mas pelo aumento do preço dos combustíveis.
Neste momento, referiu o director provincial das Pescas do Namibe,  o carapau fino, cachucho, sardinha e a corvina são as espécies mais capturadas, numa altura em que as focas continuam nas zonas das pescas, o que faz reduzir também a produção pesqueira. />Isaac Cativa salientou que a reabilitação de algumas unidades fabris de transformação e de processamento de pescado, no município do Tômbwa,  contribui  para a disponibilidade de trabalho para os jovens. Para além da reabilitação das unidades fabris em curso, disse o responsáve, o município do Tômbwa regista a construção do porto pesqueiro e do entreposto frigorífico.
Com a instalação destes serviços, disse o director provincial das Pescas,  dinamiza-se o processo de recepção, processamento, tratamento e de distribuição do pescado em condições mais adequadas e proporciona-se trabalho a mais pessoas. No quadro dos projectos, o director das pescas, Isaac Cativa, anunciou estar  previsto um entreposto frigorífico, na povoação do Saco Mar, no município do Namibe.
O sector das Pescas no Namibe conta com 34 empresas pesqueiras operacionais ao longo da costa, sendo seis na zona Norte e 14 no Centro e no Sul da província.

Tempo

Multimédia