Províncias

Caritas doam produtos aos angolanos expulsos do Congo

Fernando Neto | Mbanza Congo

Um donativo composto por bens alimentares, vestuário e material escolar foi entregue pela representação da Caritas de Angola na província do Zaire à comunidade angolana expulsa, no ano passado, da República Democrática do Congo (RDC).

Um donativo composto por bens alimentares, vestuário e material escolar foi entregue pela representação da Caritas de Angola na província do Zaire à comunidade angolana expulsa, no ano passado, da República Democrática do Congo (RDC).
Os bens doados aos compatriotas resultaram da contribuição dos cristãos das dioceses de todo o país. O padre André Justino Futi, que encabeçou a delegação das Caritas, disse que os fiéis da Igreja Católica pretendem, com o gesto, exprimir o seu sentimento de solidariedade e amor às pessoas necessitadas.
André Justino Futi manifestou-se satisfeito com a acção levada a cabo pelo Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) ao distribuir 30 metros quadrados de terra arável a cada uma das 34 famílias residentes no campo de acolhimento da aldeia de Mbanza Magina, situada a três quilómetros a Noroeste da cidade de Mbanza-Congo.“A área de cultivo distribuída aos nossos compatriotas é reduzida, mas já dá para começar a vida. Estas famílias já possuem instrumentos de trabalho, faltando-lhes as sementes agora que chove”, disse o religioso.
O padre Futi manifestou-se preocupado com o facto de os cidadãos angolanos acampados em Mbanza Magina estarem ainda a enfrentar dificuldades com a falta de água.

Tempo

Multimédia