Províncias

Casos de tuberculose afectam mais homens

Domingos Mucuta | Gambos

Os homens são os mais afectados pela tuberculose no município dos Gambos, na província da Huíla, segundo o director municipal da Saúde. Domingos Capenda disse ao Jornal de Angola que em 2018 foram diagnosticados 31 casos, contra 45 de 2017, dos quais mais de metade afectam homens e estão associados ao VIH/Sida.

População é aconselhada a procurar os hospitais logo após os primeiros sintomas
Fotografia: Arimateia Baptista

“Dos 13 casos de tuberculose registados em Janeiro três terminaram em óbitos”, disse Domingos Capenda, acrescentando que as autoridades sanitárias estão preocupadas com o aumento de casos de pacientes que abandonam o tratamento.
O director do centro municipal de Saúde, Jolson Manuel, justificou a incidência da doença nos homens pelo trabalho pesado, comportamento promíscuo e a fraca cultura das mulheres em aderir aos serviços sanitários.
“O casos de tuberculose são mais registados em homens por causa da promiscuidade. Culturalmente há homens com duas, três ou mais parceiras e isso propicia os casos de tuberculose associados ao HIV”, disse. Para evitar a fuga ao tratamento, acrescentou, as autoridades intensificaram as acções de prevenção e de sensibilização, incentivando as famílias a aderir às consultas de rotina e ao tratamento ambulatório.
Jolson Manuel pede a construção de um hospital municipal na sede dos Gambos, município que precisa de pelo menos mais seis médicos e enfermeiros.

Tempo

Multimédia