Províncias

Casos de tuberculose aumentam no Moxico

Daniel Benjamim | Luena

A falta de medicamentos, para o tratamento inicial de doentes com tuberculose, está  a provocar o aumento do número de pacientes com esta doença, disse ao Jornal de Angola  a directora clínica do hospital sanatório do Luena.

Unidades sanitárias da província têm dificuldades para tratar doentes com tuberculose
Fotografia: Francisco Bernardo | Edições Novembro

Clementina Vumbi informou que o hospital tem actualmente 37 pacientes internados, entre eles 21 homens e 12 mulheres. “Entre estes doentes, alguns não têm familiares identificados e o hospital é obrigado a cuidar inteiramente deles. Por outro lado, o hospital controla 665 pacientes que recebem tratamento ambulatório”, disse.
A responsável fez saber que, durante o  primeiro trimestre deste ano, o hospital internou 80 pacientes e deu alta a 38, tendo registado  22  casos de óbitos.  No ano passado foram diagnosticados 235 doentes , dos quais  48 acabaram por falecer.

 

Tempo

Multimédia