Províncias

Centenas de docentes em formação contínua

Weza Pascoal | Menongue

Mais de 800 professores do ensino primário, de nove Zonas de Influência Pedagógica (ZIP), da província do Cuando Cu-bango, participam, desde ontem, numa acção formativa em matérias de Diferenciação Pedagógica II e Educação Especial, no âmbito do Projecto de Aprendizagem para Todos (PAT).

Objectivo é melhorar o processo de ensino e aprendizagem
Fotografia: Edições Novembro

Segundo o representante do Instituto Nacional de Formação na província, Geraldo Cangondo, um dos responsáveis do curso, trata-se da terceira fase de formação contínua de professores do ensino primário nos módulos 5 e 6, que vai decorrer em todo o país de 12 a 23 do mês em curso, com o aprimoramento das disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa. Geraldo Cangondo disse que o Projecto de Aprendizagem para Todos, desenvolvido pelo Ministério da Educação, em parceria com o Banco Mundial, visa melhorar os conhecimentos e competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema de avaliação dos alunos.
O Projecto de Aprendizagem para Todos, sublinhou, foi implementado para a formação contínua dos professores, particularmente no que toca às competências pedagógicas, com vista à melhoria do processo de ensino, assim como contribuir para a melhor gestão das escolas. O representante do Gabinete Provincial da Educação, Benjamim Nguegia, disse que a formação vai ajudar a suprir dificuldades e regular o processo de ensino. “Com estes seminários os professores adquirem técnicas que os ajudam no processo de ensino”, disse.

Tempo

Multimédia