Províncias

Centenas de animais são vacinados contra a raiva

José Chavena | Nharea

Mais de 250 animais de estimação, entre cães, gatos e macacos, foram vacinados contra a raiva, durante o terceiro trimestre do corrente ano, no município de Nharea, na província do Bié, informou ontem o chefe municipal da secção de Veterinária da Agricultura.

Adelino Jamba disse que havia previsão de serem vacinados 500 animais, o que não se concretizou devido ao fraco envolvimento das administrações comunais, bem como à falta da cultura de tal prática por parte dos proprietários dos animais.
“Em 2015, na sede municipal de Nharea foram vacinados, 180 cães, 60 gatos e dez macacos”, disse Adelino Jamba, acrescentando que, durante o período em referência, apenas foram realizadas vacinas de rotina nas sedes comunais, sem no entanto ter sido revelado o número de animais imunizados.
A Secção Municipal de Veterinária de Nharea dispõe de doses de vacina contra a raiva em “stock”, para campanhas de vacinação em áreas com elevados casos de mordeduras.
O chefe de departamento de Saúde Pública e Controlo das Grandes Endemias, Isaías Sambunga Cambissa, disse que os casos de mordeduras de animais com raiva já causaram 25 mortes na província do Bié, de Janeiro a Outubro do corrente ano.
O responsável afirmou que comparativamente ao período anterior os casos de morte causados por mordeduras de cães raivosos aumentaram em seis. No período em referência, segundo o responsável, as autoridades sanitárias registaram 1.113 casos de mordeduras de cães, suspeitos de possuírem raiva, contra 1.500 do período anterior. Isaías Sambunga Cambissa assegurou existirem reservas suficientes de doses de vacina contra a raiva.

Tempo

Multimédia