Províncias

Centenas de famílias desalojadas

Mais de 500 pessoas do município do Pango Aluquém e Bula Atumba, no Bengo, ficaram com as casas destruídas pelas fortes chuvas que se abateram sobre a região, na semana passada, revelou ontem, em Caxito, o comandante provincial do Bengo do Serviço de Protecção Civil e Bombeiro.

Famílias ficaram com as casas destruídas em consequências das fortes chuvas
Fotografia: JAIMAGENS

O comissário Mateus Júlio Vunda, que apresentava o balanço das consequências das enxurradas, disse que no município do Pango Aluquém foram afectadas 75 casas, das quais 18 destruídas totalmente.
As chuvas deixaram 375 pessoas ao relento e destruíram parcialmente 27 casas, enquanto em Bula Atumba houve a destruição de várias casas e o desalojamento de 180 pessoas.
Os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros informaram que, no município de Pango Aluquém, um menor de três anos ficou ligeiramente ferido, depois de atingido por um pedaço de bloco, e uma mulher teve uma fractura numa perna, no Bula Atumba. Mateus Vunda explicou que foi já criada uma comissão que se deslocou aos municípios afectados, para constatar os prejuízos, tendo sido solicitados os apoios necessários ao Governo Provincial do Bengo, com vista a acudir os sinistrados.

Tempo

Multimédia