Províncias

Centenas de jovens formados na região

O número de jovens que nos últimos cinco anos frequentaram no Cuanza Norte cursos profissionais promovidos pelo Instituto Nacional de Formação Profissional (INEFOP) ascende a 5.364 jovens, disse ontem à Angop o responsável provincial daquela instituição.

Maurício da Costa afirmou que os jovens, entre os 15 e 35 anos, receberam formação em informática, alvenaria, canalização, carpintaria, electricidade auto e de baixa tensão, mecânica auto, bate-chapa, serralharia, culinária, pastelaria, corte e costura, decoração e inglês e que os cursos de três e seis meses foram ministrados em Cazengo, Ambaca, Cambambe, Golungo Alto, Quiculungo e Samba Cajú.
O responsável referiu que devido “à qualidade dos técnicos formados nos centros profissionais”, o INEPOF continua a receber pedidos de empresas que precisam de trabalhadores qualificados.
O INEFOP, com 1.355 formandos inscritos actualmente, 332 dos quais do sexo feminino, tem no Cuanza Norte nove unidades de formação profissional, dois centros de formação profissional, três pavilhões de artes e ofícios e outros tantos centros itinerantes, cujo funcionamento é assegurado por 52 formadores.

Tempo

Multimédia