Províncias

Centro de Reabilitação Física com falta de equipamentos

Adelaide Mulimusi| Ondjiva

 A falta de equipamentos de electroterapia, hidroterapia, termoterapia e ginásio, associada à insuficiência de espaço, está na base da fraca prestação de serviços aos pacientes que acorrem ao centro de reabilitação física do Hospital Geral de Ondjiva, na província do Cunene.

Fotografia: Jaimagens | fotógrafo

O director da referida unidade sanitária, Fernando Shomongula, disse ao Jornal de Angola que em média são atendidos trinta pacientes por dia.
Acrescentou que, além de falta de apetrecho técnico, o centro está confinado num compartimento pequeno do Hospital Geral de Ondjiva.
Segundo Fernando Shomongula, por falta de meios eléctricos, o trabalho é feito manualmente e os mais graves são encaminhados à República da Namíbia e aos hospitais de referência do país.
 “A fisioterapia necessita com urgência de meios eléctricos, que servem para reduzir a dor no paciente. Actualmente trabalha-se apenas com um infravermelho, meio insuficiente para melhorar a assistência aos pacientes.”

Tempo

Multimédia