Províncias

Centro de aconselhamento atende centenas de mulheres

Mais de 700 mulheres grávidas foram aconselhadas, de Fevereiro a Novembro do ano transacto, no município da Ganda, 220 quilómetros a sudeste da cidade de Benguela, sobre os cuidados e prevenção do VIH/Sida.

Mulheres grávidas e em idade fértil foram aconselhadas sobre a Sida
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de 700 mulheres grávidas foram aconselhadas, de Fevereiro a Novembro do ano transacto, no município da Ganda, 220 quilómetros a sudeste da cidade de Benguela, sobre os cuidados e prevenção do VIH/Sida.
Em declarações ontem, à Angop, a responsável pelo Centro Municipal de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) na Ganda, Felisbela Tchimbioputo Bastos, disse que, das mulheres grávidas aconselhadas, 472 efectuaram o teste de VIH/Sida, das quais oito resultaram em seropositivas.
 Felisbela Bastos informou que as restantes que se submeteram ao teste de VIH/Sida são mulheres não grávidas e em idade fértil, que resultou em dez seropositivas, cuja faixa etária mais atingida é dos 19 aos 45 anos.
 Segundo a responsável, no ano passado registaram-se também três casos de crianças seropositivas, resultado da contaminação durante a gravidez das mães que vivem com o VIH e foram aconselhados e testados 139 homens, dos quais seis são seropositivos.
 Felisbela Tchimbioputo Bastos lamentou o facto de muitos cidadãos ainda rejeitarem o teste do VIH/Sida para saberem o seu estado serológico. Disse que os doentes são encaminhados para o Centro de Tratamento do Hospital da Missão Católica do Chambungo, no município do Cubal, onde recebem assistência médica.
 O Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária da Ganda tem desenvolvido círculos de palestras de sensibilização das camadas mais jovens junto das escolas e igrejas.

Tempo

Multimédia