Províncias

Centro regional para a formação dos jornalistas

Justino Vitorino | Huambo

A actividade jornalística a nível da região sul do país vai conhecer um novo impulso, a partir do próximo ano, com a entrada em funcionamento do Centro Regional de Formação de Jornalistas, que está a ser construído no bairro do Macolocolo, na cidade do Huambo.

O director do Gabinete de Estudos e Projectos do Ministério da da Comunicação Social, Amílcar Vera Cruz, disse, ontem, que, independentemente dos constrangimentos existentes na balança de pagamentos do país, as questões de ordem financeira junto do empreiteiro da obra estão ultrapassadas, o que proporciona um dinamismo considerável nas obras.
“A obra pode conhecer brevemente um impulso maior na sua execução, já que os desembolsos a realizar pelo Ministério serão regulares, o que nos faz acreditar que, em 2017, temos o centro pronto para quem tem a comunicação e o jornalismo como paixão”, disse.
O  Centro Regional de Formação Jornalística vai dispor de 16 salas de aulas, para um total de 670 alunos, dois estúdios, sendo um virado para a formação de radialistas e outro para profissionais de televisão, redacção, área de informática e um sector técnico, entre outros gabinetes essenciais para a administração de um curso profissional para jornalistas.

Tempo

Multimédia