Províncias

Chipindo sem medicamentos

João Luhaco | Lubango

Conhecido como município mais afastado da província da Huíla, o Chipindo dista a cerca de 456 quilómetros do Lubango. Conta, nesse altura, com uma população estimada em mais de 85 mil habitantes que se mostra agastada com carência acentuada em quase todos aspectos da vida social.

Chipindo tem défice em várias vertentes com realce para as vias de acesso à região
Fotografia: Jaimagens/Arimateia Baptista

A degradação das vias de acesso, a falta da canalização de agua e o abastecimento regular de energia eléctrica às residências, ausência dos serviços bancários são a norma,  e como o mal nunca vem só, a malária está a provocar  óbitos. A região enfrenta, ainda, uma gritante escassez de fármacos.
Maurício  Dongala de  34 anos, reside no Chipindo desde 2009 onde pratica a actividade de mototaxista. Visivelmente aborrecido desabafou com o  Jornal de Angola que a vida naquela circunscrição é feita de arranjos. 

Tempo

Multimédia