Províncias

Chivela tem escola para o primeiro nível

Uma escola, com capacidade para 360 alunos em três turnos, foi inaugurada segunda-feira, na aldeia de Chivela, no município do Kunhinga, Bié, em cerimónia presidida pelo governador provincial, Álvaro Boavida Neto.

Uma escola, com capacidade para 360 alunos em três turnos, foi inaugurada segunda-feira, na aldeia de Chivela, no município do Kunhinga, Bié, em cerimónia presidida pelo governador provincial, Álvaro Boavida Neto.
A escola tem áreas administrativas e sala de professores e foi construída no âmbito do programa de melhoramento e aumento dos serviços sociais básicos à população.
O governador apelou à população para cuidar da escola, de forma a durar mais tempo e servir para as gerações vindouras.
A administradora do município do Kunhinga, Beatriz Napende, disse que a construção da escola constitui uma mais valia para a população da aldeia, pois vai permitir inserir mais crianças com idade escolar no sistema normal de ensino.
Beatriz Napende informou ainda que o governo da província está a melhorar a vida sócio-económica da população, através da execução de programas em curso na região.
O governador da província do Bié, Álvaro Boavida Neto, efectuou uma  visita de dois dias ao município, onde teve encontros com o conselho da administração municipal, autoridades tradicionais, entidades religiosas, entre outras individualidades.
O governador do Bié visitou as obras do centro de captação tratamento e distribuição de água potável, sistema de energia eléctrica e o comando municipal da Polícia Nacional.
 Boavida Neto visitou também as obras de construção duma escola do II ciclo preparatório, do campo de futebol, do parque infantil e o Hospital Missionário do Vouga.

Tempo

Multimédia