Províncias

Chuvas desalojaram famílias no Longonjo

Justino Victorino | Huambo

Um total de trinta famílias residentes na Missão de Cambinda, comuna de Catabola, município do Longonjo, província do Huambo, está desalojado em consequência das fortes chuvas, acompanhadas de ventos, que se abateram segunda-feira sobre a região.

Fotografia: DR

A administradora comu-nal de Catabola, Eugénia Baptista, lamentou os danos causados pelas chuvas, tendo reafirmado que a maior parte das trinta famílias desalojadas encontra-se em casas de vizinhos e de familiares, esperando por ajuda em chapas de zinco e outros materiais para reerguerem as moradias.

Segundo Eugénia Baptista, as famílias sinistradas necessitam, com urgência, de meios materiais para assegurar o realojamento nas suas comunidades. “A situação é preocupante, sendo nosso dever acudir as populações afectadas, em consequência desta obra na natureza, as chuvas, que, neste período, estão a ser acompanhadas por fortes ventos”, frisou.
As fortes chuvas causaram também a destruição de duas escolas comunitárias, posto saúde, assim como capelas pertencentes a várias igrejas, além do cultivo de milho, feijão, batata e diversas árvores frutíferas.
As autoridades tradicionais do Longonjo, em forma de prevenção, aconselham as populações a plantar árvores, sobretudo o capim elefante e eucaliptos em zonas consideradas de risco, a fim de se evitar danos maiores junto às comunidades neste período chuvoso.

Tempo

Multimédia