Províncias

Chuvas causam estragos no Sumbe

Victor Pedro | Sumbe

Pelo menos 400 moradores do quarto quarteirão “Mundo Verde”, do bairro da Kissala Um, na cidade do Sumbe, ficaram desalojados, no final de semana, em consequência da forte chuva, que começou às 21h45 de sábado e terminou às 10h00 de domingo.

Pelo menos 400 moradores do bairro Kissala um ficaram desabrigados
Fotografia: Victor Manuel

Pelo menos 400 moradores do quarto quarteirão “Mundo Verde”, do bairro da Kissala Um, na cidade do Sumbe, ficaram desalojados, no final de semana, em consequência da forte chuva, que começou às 21h45 de sábado e terminou às 10h00 de domingo.  O coordenador do bairro continuava, ontem, a fazer o registo das pessoas afectadas e o balanço dos prejuízos para enviar um relatório à administração municipal do Sumbe.  José da Silva Carneiro disse ao Jornal de Angola que há receio da situação voltar a complicar-se, uma vez que se prevê mais chuva na região e “os meios para acudir as pessoas vão escasseando”. O coordenador do bairro afirmou que o lixo depositado pelos munícipes nas valas de drenagem é o principal causador da situação que se vive no quarto quarteirão.  “Os resíduos sólidos deitados nas valas impedem a passagem das águas das chuvas”, lamentou. A falta de terrenos, frisou, também contribui para a situação, já que obriga as populações a construírem, anarquicamente, ao lado de rios, valas de drenagem, cemitérios e outros locais, pondo em risco a própria vida.

Tempo

Multimédia