Províncias

Chuvas desabrigam famílias no Assango

Casimiro José

A chuva que se abateu toda a tarde de quarta-feira até à madrugada de quinta-feira deixou ao relento mais de trinta famílias na localidade do Assango II, município da Conda, na província do Cuanza-Sul.

Chuvas deixaram ao relento centenas de pessoas na Conda
Fotografia: Nilo Mateus | Edições Novembro

As autoridades administrativas locais estão no terreno a averiguar os estragos provocados pelas enxurradas, que se faziam acompanhar de fortes ventos e granizo.
A administradora do município da Conda, Elsa Sara Lialunga, fez saber que além do desabamento de mais de trinta residências, a chuva destruiu também uma escola do ensino primário e duas igrejas.
“É uma situação crítica que as famílias afectadas vivem, numa altura em que a administração municipal está desprovida de quaisquer meios para acudir a situação”, disse, anunciando que a administração da Conda já remeteu a preocupação ao Governo da província para accionar os mecanismos de assistência.
Elsa Sara Lialunga garantiu que a administração está empenhada na sensibilização das famílias no sentido de abrigarem as vítimas das chuvas, enquanto se aguardam apoios dos organismos vocacionados. A administradora apelou à calma no seio das pessoas afectadas.

Tempo

Multimédia