Províncias

Comboio aumenta frequência ao Luau e no Bié

Narciso Chicuco | Luena

Os Caminhos-de-Ferro de Benguela (CFB) vão aumentar a frequência de comboios de duas para quatro semanais, nas rotas Luena-Luau e Luena-Bié, durante o segundo semestre deste ano, assegurou ontem o representante da instituição no Moxico.

Aumento da frequência do comboio dos CFB resulta da aquisição de novas locomotivas
Fotografia: Daniel Benjamim | Edições Novembro

Fernando António Prata salientou que a iniciativa do aumento da frequência do comboio do CFB, de duas para quatro por semana, é resultado da aquisição de novas locomotivas pelo Executivo.
O representante do Caminhos-de-Ferro de Benguela acredita que o aumento de mais frequência no segundo semestre vai facilitar cada vez o reforço da capacidade de circulação do comboio e garantir aos utentes maior acesso na aquisição de bilhetes de passagem e rapidez na transportação de cargas.
Sobre as tarifas, Fernando António Prata disse que os bilhetes para os serviços do CFB vão continuar com os mesmos preços praticados desde o início da actividade, em 2012.
“Os preços são bastante favoráveis, por isso é que assistimos a uma grande movimentação de passageiros, para a transportação de pessoas e de mercadorias”, referiu o responsável dos Caminhos-de-Ferro de Benguela.
Para a rota Luena-Bié, a viagem na carruagem especial custa 4.950 kwanzas, enquanto no vagão normal se paga 2.450. Na rota Luena-Luau, a passagem na carruagem especial custa 4.000 kwanzas, quando se desembolsa 2.000 no vagão normal.
Por causa dos preços praticados, o comboio tem sido um dos principais meios de transporte a nível da região, com um total de 369.771 passageiros e 30.806 toneladas de mercadorias diversas transportadas durante o ano transacto.

Escoamento de bens


Nas rotas Luena-Bié e Luena-Luau, o comboio transporta, maioritariamente, bens agrícolas.
Por cada viagem efectuada, o responsável dos Caminhos-de-Ferro de Benguela disse que são transportados em média 800 passageiros. Sobre o aumento da frequência do comboio dos Caminhos-de-Ferro de Benguela, de duas para quatro semanais, a população do Moxico manifestou satisfação pela iniciativa das autoridades e encorajou o Executivo a continuar a apostar na melhoria das condições de vida das famílias.

Tempo

Multimédia