Províncias

Comuna aposta na agricultura

Alfredo Ferreira | Úcua

Os programas de fomento da agricultura familiar, através da criação de cooperativas e associações de camponeses constituem as grandes apostas da  Administração Comunal do Úcua, no município do Dande, disse, ontem, o administrador da circunscrição.

Agricultores organizados em cooperativas vendem os seus produtos no mercado do Sassa
Fotografia: Maria João|

 Óscar Bangula, que falava no acto de apresentação como novo administrador  do Úcua, sublinhou que o programa de acção visa  garantir o auto-sustento das famílias e contribuir no processo da diversificação da economia.
“Além da agricultura pretende-se  melhorar as estratégias de prevenção de doenças, dai o reforço das acções de limpeza e saneamento”, explicou Óscar Bangula.
A Administração Comunal vai   construir  furos de água e reforçar os serviços dos postos de saúde com medicamentos e  material gastável, prosseguiu Óscar Bangula.
 “Vão ser criados espaços para diálogo permanente com a população, no sentido de identificar os problemas   com que ela se debate para,   de forma paulatina, serem solcuionados”.
O administrador municipal do Dande, João Castelo Branco, pediu  responsabilidade e competência técnica ao novo gestor do Úcua, com vista a garantir uma maior projecção da região. João Castelo Branco orientou  o administrador comunal a trabalhar  com as comunidades, de modo a facilitar o intercâmbio e a colaboração da população nos projectos criados pelo município.

Mercado improvisado

Na região, os agricultores produzem batata doce, milho, mandioca, feijão macunde, inhame e jinguba, que são expostos num mercado improvisado,   ao lado da Estrada Nacional  100.
Além do mercado do Úcua, os agricultores, organizados em cooperativas, vendem os seus produtos no mercado do Sassa Povoação e nalguns espaços da província de Luanda. Deolinda António,  vendedora no mercado do Úcua, disse que tem vendido vários produtos colhidos na sua lavra, e informou que a batata-doce e a mandioca são os bens com maior procura.
A camponesa disse que as pessoas que mais compram são as provenientes de Luanda, dada a proximidade da localidade com a capital do país.
Com uma população estimada em oito mil habitantes que, na sua maioria, se dedicam à agricultura de subsistência e ao comércio rudimentar, a comuna do Úcua dista  61 quilómetros da cidade de Caxito.

Tempo

Multimédia