Províncias

Condições logísticas da Polícia preocupam deputados

Fernando Neto | Mbanza-Congo

As condições de trabalho colocadas à disposição dos efectivos da Polícia Nacional, na província do Zaire, não são condignas e condicionam o desempenho da corporação, que procura estar à altura das exigências actuais do país.

Deputados lamentaram a falta de condições de trabalho da Polícia no Zaire
Fotografia: Adolfo Dumbo

As condições de trabalho colocadas à disposição dos efectivos da Polícia Nacional, na província do Zaire, não são condignas e condicionam o desempenho da corporação, que procura estar à altura das exigências actuais do país.

O facto foi constatado sábado, em Mbanza Congo, pelos deputados do círculo provincial do Zaire, durante uma visita de auscultação efectuada àquele órgão do Ministério do Interior, à luz das suas atribuições e do papel fiscalizador do funcionamento dos sectores do Estado.
 “O que observámos nas unidades policiais da capital da província é preocupante, uma vez que a Polícia Nacional, para cumprir com zelo o seu papel social, de garante da ordem e tranquilidade pública, deve ter as condições básicas de trabalho criadas”, disse o líder do grupo dos parlamentares no Zaire, Garcia Vieira, para quem as condições de trabalho à disposição da corporação não são apropriadas.       Garcia Vieira, que esteve acompanhado das deputadas Nzuzi Makiesse e Isabel Nlandu Morena, apelou às autoridades competentes no sentido de haver maior dinamismo na solução das dificuldades que este sector do Interior na região atravessa, porque, explicou, após a conquista da paz, em 2002, as tarefas da Polícia foram acrescidas.
Os legisladores daquele círculo provincial estão desde quinta-feira a radiografar todos os sectores do Ministério do Interior na região, cujo programa elaborado contempla várias actividades, com destaque para a reunião com os membros do Conselho Consultivo.

Tempo

Multimédia