Províncias

Conduta da Tundavala tem verbas para restauro

Dois milhões e 400 mil dólares norte-americanos vão ser investidos na recuperação da conduta de água da Tundavala, numa extensão de aproximadamente 11 mil 845 quilómetros, garantiu segunda-feira, na cidade do Lubango, o administrador executivo da empresa de cerveja N’gola, Manuel Victoriano Sumbula.

Dois milhões e 400 mil dólares norte-americanos vão ser investidos na recuperação da conduta de água da Tundavala, numa extensão de aproximadamente 11 mil 845 quilómetros, garantiu segunda-feira, na cidade do Lubango, o administrador executivo da empresa de cerveja N’gola, Manuel Victoriano Sumbula.
Em declarações à Angop, a propósito do financiamento do projecto, avançou como contributo da sua instituição um total de milhão e 500 mil dólares, enquanto o governo da província deverá comparticipar com 900 mil, perfazendo o total de dois milhões e 400 mil para a edificação da obra nos próximos quatro meses.
“A conduta da Tundavala está deteriorada há já alguns anos, causando transtornos no abastecimento de água em grande parte da cidade do Lubango, bem como cria constrangimentos no processo de ampliação pretendido para a fábrica, de modo a criar-se mais postos de trabalho”, referiu.
A ampliação da fábrica, reforçou, deverá permitir também o aumento dos impostos para os cofres do Estado, devido à elevação das receitas da empresa a arrecadar com as vendas.
A reparação da conduta de água, disse, “é um projecto social importante, passível de resolver os problemas de abastecimento de água registado na circunscrição, e melhorar substancialmente o fornecimento do precioso líquido a grande parte da cidade do Lubango”.
De acordo com o responsável, para a implementação do projecto foi assinado um memorando de entendimento entre a N’gola, o governo da Huíla, a direcção provincial das Águas e a empreiteira Omatapalo.

Tempo

Multimédia