Províncias

Conferência municipal civil aborda o reforço das relações

Venâncio Victor| Malange

Os membros da sociedade civil de Malange realizaram, terça-feira, a sua conferência municipal, cujo acto foi presidido pela administradora local, Teresa Dias de Abreu.

Participantes ao encontro de concertação que decorreu na cidade de Malange
Fotografia: Eduardo Cunha| Malange

Os membros da sociedade civil de Malange realizaram, terça-feira, a sua conferência municipal, cujo acto foi presidido pela administradora local, Teresa Dias de Abreu.
O coordenador da sociedade civil, Carlos Ferraz, referiu que a conferência tem como objectivo o estreitamento das relações entre o Estado e a sociedade.
"O desenvolvimento da sociedade deve ser sustentado. Para tal, é fundamental que o Estado e a sociedade estejam unidos na perspectiva de uma vida melhor, sublinhou o responsável".
Para Carlos Ferraz, é compreensível que uma sociedade contemporânea já "não deve pensar que o Estado por si só seja capaz de solucionar todos os problemas da vida sócio-económica do país", realçou.
A administradora municipal de Malange, Teresa Dias de Abreu, louvou a iniciativa da organização da sociedade civil, enquanto parceira do governo provincial, nos termos do artigo, 17/10/de 26 de Junho, a qual, sublinhou, contribui para o fortalecimento, capacitação e participação activa do município na abordagem dos problemas da comunidade.  A conferência foi organizada em dois painéis e os participantes analisaram a actual situação do trânsito rodoviário, suas implicações, bem como o papel da administração no desenvolvimento do município e estratégias sobre a segurança alimentar na região.
O reforço da capacidade de intervenção e influência dos fóruns de desenvolvimento municipal e de auscultação e concertação e a sua participação nas questões políticas, foram recomendados no encontro.
O encontro visou a conjugação dos esforços na resolução dos problemas comuns, a promoção de valores, como a colaboração, a multi-liderança, o colectivismo, na perspectiva do fortalecimento e articulação dos diferentes actores que trabalham em prol do desenvolvimento da província de Malange.
A conferência decorreu sob o lema "Por uma sociedade civil participativa, articulada e actuante" e contou com a participação de várias individualidades, membros das organizações da sociedade civil, ONG's, instituições do Estado, autoridades tradicionais e estudantes.

Tempo

Multimédia