Províncias

Consórcio "Comandante Loy" constrói casas para viúvas e órfãos

O consórcio angolano “Comandante Loy” projecta, para o primeiro semestre de 2010, a construção de 1.500 casas sociais na sede municipal do Mussende, província do Kwanza-Sul.

O consórcio angolano “Comandante Loy” projecta, para o primeiro semestre de 2010, a construção de 1.500 casas sociais na sede municipal do Mussende, província do Kwanza-Sul.
O projecto contempla a construção de casas para antigos combatentes, veteranos de guerra, viúvas e órfãos.
 Integra também um centro de formação comunitário e de saúde, escolas, mercado, campo polivalente e outros serviços básicos.
 O lançamento da primeira pedra do projecto foi efectuado segunda-feira pela ministra da Família e Promoção da Mulher, Genoveva Lino.
 A ministra disse que as casas, para além de virem a ajudar a melhorar as condições de habitabilidade das famílias, vão igualmente conferir uma outra imagem à localidade.
 Presenciaram o acto de lançamento, o vice-governador para a Esfera Económica, Mateus de Brito, o presidente do Consórcio, Domingos de Barros, responsáveis do Minfamu, da administração municipal, entidades tradicionais, religiosas e populares.
 O município do Mussende situa-se a 310 quilómetros a nordeste da cidade do Sumbe, a sede capital da província. Possui uma população estimada em 74.114 habitantes, distribuídos pelas comunas Sede, Quienha e São Lucas.
 A agricultura, a avicultura, a pesca artesanal e o corte de madeira constituem as principais actividades para o sustento da população.

Tempo

Multimédia