Províncias

Construção de pontes sobre rios vai ligar Caconda a várias regiões

Domingos Mucuta | Lubango

As obras de construção de quatro pontes sobre os rios Quê, Vionga, Cuando e Tchayombo, nas estradas secundárias e terciárias do município de Caconda, província da Huíla, que visam facilitar a circulação inter-regionais de pessoas e bens, arrancaram segunda-feira.

Circulação mercantil no município vai ficar mais fácil
Fotografia: DR

A colocação da primeira pedra foi efectuada, na comuna do Waba, pelo director adjunto do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) para a área de Pontes, Manuel Lituai, na comuna do Waba, após o acto consignação das empreitadas das aludidas infra-estruturas.

As pontes sobre os rios Vionga e Tchayombo, segundo Manuel Lituai, estão orçadas em pouco mais de 420 milhões e 321 milhões de kwanzas, respectivamente. A primeira, tem 12 metros, e a segunda seis de extensão.
As obras das pontes sobre o rio Cuando, segundo o responsável, estão avaliadas em mais de 600 milhões, e as da ponte sobre o rio Quê, orçadas em mais de 500 milhões de kwanzas. Ambas têm 35 e 25 metros de comprimento, respectivamente.

Os trabalhos, inseridos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios, estão a cargo da empreiteira local Metalosu, que à luz do contrato com o sector da Construção, tem de concluir as obras num período de quatro meses.
As empreitadas, que incluem escavações, aterros, além da aplicação de aço e betão betuminoso, vão gerar mais 100 postos de trabalho directos, segundo Manuel Lituai. Com cerca de 200 mil habitantes, o município de Caconda, situado a 236 quilómetros da cidade do Lubango, é potencialmente agrícola.

Tempo

Multimédia